Vamos enCURTAr essa história? - Professor Jayse Antônio Itambé PE


Prêmio Professores do Brasil divulga resultado da etapa estadual
A etapa regional, próxima fase, terá resultado divulgado no dia 31 deste mês

Foi divulgado nesta terça-feira (17) o resultado da etapa estadual do Prêmio Professores do Brasil, promovido pelo Ministério da Educação, em conjunto com instituições parceiras. Três professores da Rede Estadual de Educação foram premiados nesta etapa. Um deles representará Pernambuco na etapa regional do concurso, que terá resultado divulgado no dia 31 deste mês.

Pela segunda vez no Prêmio, Jayse Antônio da Silva Ferreira, professor de ensino médio na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Frei Orlando, localizada em Itambé, na Zona da Mata Norte do Estado, foi selecionado para representar Pernambuco no concurso. O projeto “Vamos enCURTAr essa história?” levou o professor à etapa regional. Em 2014 ele foi premiado na categoria ensino médio e ganhou destaque nacional. “Fico muito feliz com o resultado, e ressalto que o projeto não é somente meu. Toda a escola participa e o mérito é repartido de forma igualitária”, comentou. “Havia uma cobrança, a responsabilidade era um pouco maior, pelo fato de eu ter sido destaque nacional na edição de 2014. Como estou vendo, o trabalho foi bem feito e estamos colhendo os frutos. Na escola isso tem repercutido positivamente, atraindo mais alunos para a escola, pela forma diferenciada de educar, e no engajamento dos estudantes nas atividades”, concluiu.

Viviane Almeida da Costa Menezes, da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Augusto Gondim, em Goiana, Mata Norte do Estado, e Erika Jane Ribeiro, da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Clementino Coelho, em Petrolina, Sertão do São Francisco, ganharam destaque nesta etapa com os projetos “Flores de Maio: Meu cabelo, Minha identidade” e “Penso & Argumento. Logo, existo”, respectivamente.

“O projeto Flores de Maio contribuiu com o empoderamento feminino e ajudou as adolescentes de cabelo afro a se aceitarem da forma que nasceram. As alunas vivenciaram alguns episódios de racismo velado, preconceito, e tinham a autoestima baixa. Com o projeto, a voz se fez presente. Ganhamos espaço e enfrentamos o sentimento de discriminação. Hoje elas se sentem donas de si e ocupam o espaço que elas julgarem ser delas”, contou Viviane Menezes.

Para Erika Jane, da EREM Clementino Coelho, em Petrolina, o projeto “Penso & Argumento. Logo, existo.” Fez com que os alunos dos segundos e terceiros anos começassem a se enxergar enquanto ser crítico e observasse o que acontecia ao redor, na sua comunidade. “A ideia era trabalhar o poder de argumentação deles, mas ao longo do desenvolvimento do projeto eu percebi que muitos não conheciam a própria cidade onde moravam. Então eles começaram a ir atrás da história de Petrolina, conhecer os problemas sociais enfrentados pelos moradores, para, a partir daí, poder criar os artigos”, contou. “Hoje eles são muito mais críticos e passaram a se posicionar com relação ao que vivenciam. Até o olhar deles para a cidade mudou, deixou de ser uma atividade escolar e modificou a forma que eles pensavam”.

A premiação é dividida em três etapas: estadual (162 vencedores), regional (30 vencedores) e nacional (6 vencedores). Os 30 vencedores da etapa regional receberão R$ 7 mil, mais uma viagem de oito dias à Irlanda, na Europa, onde vão participar de uma capacitação custeada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Desse total, seis professores escolhidos na etapa nacional receberão R$ 5 mil adicionais. As escolas às quais eles pertencem serão condecoradas com placas comemorativas e ganharão equipamentos de informática atualizados com softwares de conteúdo educacional.

Seis categorias compõem a premiação: Educação infantil (creche); Educação infantil (pré-escola); Ensino Fundamental - do primeiro ao terceiro ano (ciclo de alfabetização); Ensino Fundamental - do quarto ao quinto ano; Ensino Fundamental - do sexto ao nono ano; e Ensino Médio.

O prêmio tem o objetivo de reconhecer, divulgar e premiar o trabalho de professores de escolas públicas que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula. Esta é a 10ª edição e ao longo desses anos foram premiadas diversas experiências bem sucedidas, criativas e inovadoras, desenvolvidas por professores da educação básica pública.

Conheça mais sobre os projetos vencedores:

Vamos enCURTAr essa história? – Estudantes da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Frei Orlando, localizada em Itambé, criaram contos após uma oficina de roteiro e, dentre as produções, um foi escolhido para se tornar um curta-metragem. Após a criação do roteiro, com base no conto, os jovens gravaram e editaram a produção “Entre dois lados”, que fala sobre os perigos de beber e dirigir na adolescência.

Flores de Maio – O projeto foi realizado no final de maio e abordou temas como racismo, transição capilar e empoderamento feminino com as estudantes da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Augusto Gondim, em parceria com EREM Benígno Pessoa de Araújo, na cidade de Goiana, Mata Norte do Estado. Vinte e três meninas deram início ao projeto, hoje a iniciativa atinge muito mais meninas.

Penso & Argumento. Logo, existo. – O objetivo inicial deste projeto era trabalhar a argumentação dos estudantes da EREM Clementino Coelho, em Petrolina, com base nos problemas sociais enfrentado pelos moradores do município, reforçando o poder de argumentação deles como forma de prepará-los para o Enem. Com o desenvolvimento do projeto, os estudantes passaram a se tornar conhecedores da cidade em que moravam e se firmaram como um ser crítico, capaz de relacionar os pontos positivos e negativos das ações realizadas ao seu redor. Vinte e seis artigos foram selecionados e se transformaram num livro.

Secretaria de Educação de Pernambuco 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CRIME BÁRBARO: Professor de História é assassinado com 31 facadas em Pedras de Fogo-PB (FOTOS/VÍDEO)

Corpo carbonizado é encontrado dentro de Canavial em Itambé PE

ABUSAVA SOBRINHAS: Polícia Civil de Itambé prende estuprador