CULTURA: Escritor de Itambé-PE, conquista seu 7º Prêmio Literário(FOTOS/VÍDEO)


O escritor itambeense JAIR SEVERO DOS REIS participou do 33° Festival Poético, organizado pela FECOMÉRCIO, no Sesc/Paraná, da cidade de Cornélio Procópio-PR, na Região Sul do Brasil.

Jair conquistou o prêmio com o poema de sua autoria “Felicidade Minha”, que integra seu livro de poesias Vento do Tempo, publicado pela Chiado Editora, de Portugal.

Eis o poema vencedor:

A sutileza Divina
De extrema primazia
Criou esta menina
Que é minha alegria.

Nos cabelos tenho o ouro
De face bem branquinha
É ela meu tesouro
Felicidade minha.

E quando ela dorme
Transparece um sossego
Ela é meu aconchego.

Tem na face belo sorriso
É ela o enlace,
Entre a Terra e o Paraíso.

E quando ela dorme Transparece um sossego Ela é meu aconchego. Tem na face belo sorriso É ela o enlace, Entre a Terra e o Paraíso.


1º Sexto colocado, no 23º Concurso de Poesias, realizado pela Biblioteca Municipal João XXIII, em Mogi Guaçu-SP, no ano de 2007, com o poema “Fim”;
2º Certificado do Concurso de Poesias, em homenagem a escritora Ladjane Bandeira, no Recife, com o poema “A menina que brincava”;
3º Certificado no Primeiro Concurso de Poesias Albano Martins, em Portugal, com o poema “No banco da praça”;
4º Certificado no Primeiro Concurso Nacional Flor do Ipê, em Catalão, cidade de Goiás;
5º Primeira Conferência Intermunicipal de Cultura de Pedras de Fogo, cidade do Litoral Sul da Paraíba;
6º Vencedor do Terceiro Prêmio Literário São Francisco Xavier(SFX ), em São Paulo, no ano de 2015, com o poema “Origami”. (Concurso Internacional);
7º Certificado do 33º Festival Poético na cidade de Cornélio Procópio, realizado pela FECOMÉRCIO, Sesc/Paraná da cidade de Cornélio Procópio-PR.



Jair Severo dos Reis, nascido em 20 de agosto de 1970, é o único Escritor e Poeta Premiado da história de Itambé, município da Zona da Mata Norte do Estado de Pernambuco. Filho de pais agricultores, descobriu sua vocação poética ao escrever seu primeiro texto literário intitulado “A Tanajura”, quando ainda estudava em 1994, na Escola Waldecyr Cavalcanti de Araújo Pereira, na vizinha cidade de Pedras de Fogo-PB, o que lhe rendeu elogios e o incentivou a seguir caminho na literatura.

Jair Severo dos Reis decidiu se dedicar a poesia ao descobrir a obra do poeta-mor Carlos Drummond de Andrade, e desde em então, dedica-se com afinco aquela que considera a mais fascinante das artes: a Poesia. Vê nela a perfeita forma de exteriorizar seu mundo interior, incutindo no leitor indagações quanto a que área literária a influência.

Jair considera a Liberdade de Expressão, o caminho perfeito de se atingir seus objetivos poéticos-literários que é a princípio, o de socializar seus textos através de concurso, levando-os ao conhecimento do maior número possível de leitores, o que o gratifica e o realiza.







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CRIME BÁRBARO: Professor de História é assassinado com 31 facadas em Pedras de Fogo-PB (FOTOS/VÍDEO)

Corpo carbonizado é encontrado dentro de Canavial em Itambé PE

ABUSAVA SOBRINHAS: Polícia Civil de Itambé prende estuprador