JUSTIÇA: População itambeense e pedrafoguense clamam por uma resposta sobre o caso Walyngre


No último dia 26 de março, completou 30 dias de investigação sobre o Caso do Professor Walyngre da Silva Costa(38), morto brutalmente, e que até o presente momento, não se sabe ainda a autoria do crime.

Este crime bárbaro chocou as pessoas das duas cidades-irmãs: Itambé, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, e Pedras de Fogo, no Litoral Sul da Paraíba, cidades limítrofes, nas quais a vítima trabalhava como Professor de História.

Familiares e amigos estão angustiados pelo desfecho desse crime horrendo, contra uma pessoa que contagiava a todos, em sua volta, com seu bom humor e sua forma de lidar com a vida.

A reportagem do PBPE, entrou em contato com o Delegado Hector Azevedo responsável pelo caso, porém não obtivemos resposta.

O Portal de Notícia PBPE, gravou uma matéria para ilustrar o sentimento da população e dos familiares de Walyngre, que aguardam a apuração dos fatos para que se faça Justiça, em relação aos autores do crime que ceifou a vida de mais um inocente. Confira a matéria abaixo!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CRIME BÁRBARO: Professor de História é assassinado com 31 facadas em Pedras de Fogo-PB (FOTOS/VÍDEO)

Corpo carbonizado é encontrado dentro de Canavial em Itambé PE

Corpo do professor Walyngre é sepultado em Itambé-PE (FOTOS/VÍDEO)