POLÍTICA: Marília Arraes concede entrevista à rádio RCFM de Itambé-PE (FOTOS/VÍDEO)



Na tarde da última quinta-feira(01), por volta das 14h, a vereadora do Recife e pré-candidata ao Governo do Estado Marília Arraes (PT-PE), cedeu uma entrevista à Rádio RCFM 98.5, da cidade de Itambé, Zona da Mata Norte de Pernambuco. 

Marília Arraes, neta do saudoso ex-governador de Pernambuco, Miguel Arraes, que mesmo com sua agenda lotadíssima, colocou Itambé na sua rota de compromissos e falou um pouco mais de 40 minutos, aos esperançosos ouvintes itambeenses.

Acompanhada de sua comitiva e lideranças local, Marília Arraes falou dos motivos de a levarem a uma pré-candidatura ao Governo do Estado de Pernambuco, pelo Partido dos Trabalhadores – PT.

Ao locutor Marconi Oliveira, que realizou a entrevista, Marília Arraes respondeu quais os motivos de sua pré-candidatura e ainda destrinchou a política, partindo de 2014 até o cenário atual: “Marconi, foi muito boa a sua pergunta, porque não tem como dissociar a nossa candidatura da conjuntura nacional que nós estamos vivendo, um momento complicado da política brasileira. […] O Brasil hoje vive um desmonte do Estado Social dos direitos dos trabalhadores. E isso se iniciou, a partir do momento que o Partido dos Trabalhadores ganhou a Eleição em 2014. O lado de lá (PSDB), que perdeu as eleições quatro vezes nas urnas, insistiu em tomar o poder por meio de um Golpe. […] Então, por isso que nós dizemos que os direitos foram cassados, os direitos dos trabalhadores. […] Aqui, em Pernambuco, tem um palanque que defende tudo isso que tá acontecendo, que acha que isso é bom para o Brasil. Além de todas essas reformas, de todos esses cortes nos direitos dos trabalhadores, nessa política econômica que faz aumentar o desemprego pra poder controlar a inflação. Diferente do que o Presidente Lula fez que investiu para que as pessoas tivessem emprego, mão de obra, investiu em obras em crescimento do Brasil pra empregar as pessoas e assim fazer circular dinheiro na economia e manter o Brasil no patamar em que esteve. Então, eles querem é penalizar o trabalhador. E tem um grupo no Estado de Pernambuco que defende esse tipo de política, que defende esse projeto e querem implementar um projeto semelhante aqui em Pernambuco.”

A entrevista seguiu, e Marília Arraes continuou dizendo que o governo que está aí não significa a verdadeira mudança, que Pernambuco quer mudar, mas para um projeto semelhante ao do Presidente Lula, que coloca o povo como prioridade. “E esse projeto é o nosso palanque a candidatura do Partido dos Trabalhadores. Foi com essa necessidade, vendo essa necessidade que o Partido dos Trabalhadores definiu por candidatura própria...”, disse Marília concluindo os motivos.

Marília afirmou ainda que a vontade de tocar o projeto aumentou, debate após debate sobre a Reforma da Previdência e Trabalhista. Percebendo a necessidade de candidatura própria, o Partido dos Trabalhadores sugeriu o nome dela ao Governo do Estado, sugestão da própria base do partido, e a mesma assumiu a responsabilidade. 


Devido aos inúmeros fracassos do Governo do Estado, sendo o principal deles, a questão da Segurança Pública, principalmente para com as cidades do interior, Marília Arraes tem crescido avassaladoramente em popularidade, com discursos fortes e inteligentes sobre o tema.

Ainda na entrevista, Marília frisou os dois projetos que a população pernambucana terá que escolher neste ano: o atual (Paulo Câmara) e o da reconstrução, apresentado pelo PT, liderado por ela.

“A definição política está nesses dois palanques: o PSB, que hoje tem o Governo há quase 12 anos em Pernambuco, simplesmente tem um projeto de poder. Não defende nenhuma ideologia política, não tem nenhum compromisso com a transformação social. […]”

Marília também falou das inúmeras placas de obras, que viu durante o percurso até Itambé, com seus valores exorbitantes, mas que estão paradas, citando inclusive a PE-75, orçada em mais de 30 milhões de reais.

No segundo bloco da entrevista, Marília tornou a enfatizar o projeto do ex-presidente Lula, da importância da garantia de sua candidatura e tudo o que ele representa para o povo mais humilde e trabalhador. “Lula é uma grande liderança, é a maior liderança popular do mundo e não conquistou este posto à toa. […] porque ele defendia incondicionalmente um projeto político e Lula fez tudo isso pelo Nordeste, não era porque ele era daqui ou porque tinha uma simpatia maior por Pernambuco, ou pelo governador A, B, C, do Nordeste. Lula tinha um projeto de fazer o Brasil menos desigual.”

Seguindo, e destrinchando a problemática Nº 1 do Brasil, a Violência, Marília lembrou do recente assassinato do professor de História Walyngre da Silva, em Itambé. No primeiro bloco, havia lembrado do eterno guerreiro Manoel Mattos, ativista dos Direitos Humanos, morto em 2009 por um grupo de extermínio.

Marília criticou também às ações de marketing do Governo do Estado para iludir a população. Sobrou até para o Governo Municipal de Itambé, ao se referir que o Governo do Estado não entende como resolver os problemas mais importantes, porque não conhecia o próprio estado e que cada localidade tem uma problemática peculiar, como no exemplo da água, em Itambé, que tem uma barragem, mas o município, que faz a distribuição, sequer tem uma estação de tratamento, que a água é distribuída de má qualidade para a população.

O ex-deputado Fernando Ferro ligou durante o programa, parabenizando a vereadora e deixando no ar que provavelmente será candidato a deputado federal novamente pelo PT. Além dele, participaram com a palavra algumas das lideranças do PT local, como o Pastor Carlos, Presidente do PT (Itambé-PE), o advogado Everton Pontes e o consultor e estrategista político Ilo Jorge.

Marília Arraes se despediu, prometendo responder a todos os questionamentos dos cidadãos itambeenses quando retornasse ao município. Agradeceu aos presentes, ouvintes, colaboradores e finalizou falando da sua agenda política para os próximos dias.

Confira alguns registros da passagem da Vereadora Marília Arraes, em Itambé-PE:













Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CRIME BÁRBARO: Professor de História é assassinado com 31 facadas em Pedras de Fogo-PB (FOTOS/VÍDEO)

Corpo carbonizado é encontrado dentro de Canavial em Itambé PE

ABUSAVA SOBRINHAS: Polícia Civil de Itambé prende estuprador