MPPB realiza audiência pública com comerciantes e dono de bares de Pedras de Fogo


Na tarde desta quinta-feira(03), por volta das 13:30, houve uma Audiência Pública, na sede do Ministério Público de Pedras de Fogo, Litoral Sul da Paraíba, para esclarecimentos sobre a resolução adotada, a respeito da ocupação das calçadas da cidade por produtos de lojas e bares que funcionam disfarçadamente como prostíbulos.

A Audiência foi presidida pelo Promotor Maurinho Mendes Machado, com representantes de lojas e donos de bares, que puderam tirar suas dúvidas sobre como devem proceder a partir de hoje, data em que começa a valer a determinação da Justiça.

O Promotor Maurinho Mendes enviou um ofício à Prefeitura, informando que as lojas e donos de bares que não cumprirem com a determinação da Justiça, deverão ser multados e para isso, conta com apoio da própria entidade. Rondas serão realizadas para conferir se os mesmos estão cumprindo com a determinação judicial, caso as lojas não retirem seus produtos das calçadas, a prefeitura irá multar e retirar os produtos.

“O espaço (às calçadas) é público e não pode ser interditado com objetos, pois atrapalha a passagem dos pedestres.”, disse o Promotor Maurinho Mendes.

“Os bares serão interditados, caso tenham mulheres para programas, e os proprietários, presos. Os bares não podem ter aposentos para programas, isso é “CRIME”” completou o Promotor.

Mesmo com o alvará da prefeitura, os bares terão rondas policiais, se a polícia chegar no ambiente e notar movimentos de homens com mulheres, que indiquem que seja um ambiente de programa, o bar será fechado e o dono do estabelecimento será preso.

A Audiência contou com a presença de vários comerciantes, donos de lojas e donos de bares da Cidade de Pedras de Fogo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CRIME BÁRBARO: Professor de História é assassinado com 31 facadas em Pedras de Fogo-PB (FOTOS/VÍDEO)

Corpo carbonizado é encontrado dentro de Canavial em Itambé PE

ABUSAVA SOBRINHAS: Polícia Civil de Itambé prende estuprador