Acusado da morte do professor Walyngre vai a júri popular


O julgamento ocorrerá na manhã da próxima terça-feira (26), no Fórum Juiz Manoel João da Silva em Pedras de Fogo, Litoral Sul da Paraíba.

Eduardo Emiliano Gomes, vulgo “DU”, será julgado pelo crime de homicídio, de acordo com a Polícia Civil o mesmo teria envolvimento com o crime.

Além de Eduardo mais três menores participaram do homicídio, os mesmos estão recolhidos no Centro Educacional do Adolescente - CEA, Eduardo está preso na cadeia pública de Pedras de Fogo

Relembre o caso

O corpo do professor foi encontrado no dia 26 de Fevereiro de 2018 em um local de difícil acesso na zona rural de Pedras de Fogo.

De acordo com a polícia civil o corpo do professor Walyngre foi perfurado 32 vezes com golpes de faca.

Ainda de acordo com a Polícia Civil o crime foi por motivo de vingança, porque a vítima teria divulgado seu relacionamento amoroso com um dos autores do homicídio.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CRIME BÁRBARO: Professor de História é assassinado com 31 facadas em Pedras de Fogo-PB (FOTOS/VÍDEO)

Corpo carbonizado é encontrado dentro de Canavial em Itambé PE

Homem é morto e outro fica ferido em Itambé